Arquivo da tag: direitos de transmissão

O mundo é uma bola

Que evento consegue juntar pelo menos 80% da população mundial? O futebol é capaz disso a cada quatro anos por meio da copa do mundo. Não é a toa portanto que os valores somente da comercialização dos direitos comerciais do evento alcance 2,64 bilhões de euros.  

Em artigo publicado por mim no sábado (16/01) no jornal Brasil Econômico exploro não só a capacidade de movimentação econômica da copa do mundo como as oportunidades de carreira existentes para o país-sede. Vejam só alguns dados:

  • crescimento de 30% dos valores de direitos comerciais da edição de 2010 na África do Sul em relação à 2006 na Alemanha;
  • audiência média de 93 milhões de telespectadores por jogo na copa de 2006; 
  • mais de 5,9 bilhões de pessoas assistiram ao vivo às partidas em 2006 em 54 mercados globais;
  • a audiência da copa equivale à de 64 edições do Super Bowl, a finalíssima do campeonato de futebol americano profissional dos Estados Unidos;
  • as receita dos clubes de futebol na Alemanha aumentaram 43% desde 2006 como resultado de estádios melhores, maior envolvimento do público com o esporte e gestão ainda mais profissionalizada.

Todos esses dados corroboram a premissa de que o mercado esportivo é um dos mais promissores da economia global. Engloba ampla e diversificada gama de negócios, como partidas, patrocínios, licenciamentos, espaço para prática esportiva, comercialização dos direitos de TV, transação de jogadores e realização de eventos.

Como todos sabem, em 2014 será a vez do Brasil sediar o evento. Sem dúvida, a maior competição mundial suscitará excelentes oportunidades para a economia e o segmento esportivo no País. Para capitalizar de modo pleno as oportunidades já inerentes à sua condição de “País do Futebol” o Brasil precisa solucionar alguns gargalos expressivos. Em meio à infraestrutura, transportes e adequação de estádios e praças esportivas, é crucial contar com recursos humanos especializados. Considerando ser a profissionalização do setor ainda incipiente em nosso mercado, o ensino nessa área torna-se fator exponencial.