Administração e a Excelência de Organizações na Execução da Estratégia Empresarial

O Administrador sabe que o desempenho eficaz de equipes e organizações tem sido o maior desejo de todas as empresas e mais do que isto uma efetiva necessidade para a própria sobrevivência das companhias,considerando-se o complexo mundo corporativo, das acirradas competições em que atuam e precisam ser bem sucedidos o tempo todo em resultados.

Porém,também sabemos que as conquistas almejadas não são fáceis e dependerá sempre de muito empenho no desenvolvimento de sistemas e processos de trabalho muito adequados,inovadores e dependentes de lideranças dos administradores profissionais de alta performance;condições estas que a maioria que não é qualificada suficientemente não domina,porque não se trata de gente comum e é por tal motivo que a maioria vive atormentada com o medo dos resultados negativos financeiramente.

Todas as pesquisas indicam que a maioria das falhas na execução da estratégia são cometidas por fatores explicáveis e para raciocinarmos juntos recorremos neste artigo como suporte aos estudos consagrados mundialmente,realizados e apresentados pela Franklin Covey(fundada pelo guru Stephen Covey) inclusive no Brasil através de eventos dentre os quais o assunto liderança merece destaque através da citação de quatro imperativos:

1.Inspirar Confiança(em alto nível, cria dividendos para as ações do líder).

2.Esclarecer Propósitos(quais resultados serão alcançados caso você consiga exercer seu propósito com excelência).

3.Alinhar Sistemas(grandes equipes criam uma cadência de responsabilidades e engajamento em torno de suas metas crucialmente importantes).

4.Liberar Talentos(quando um trabalho desperta seu talento,alimenta sua paixão e você o realiza porque sua consciência o impele a suprir uma necessidade clara,você pode oferecer a sua contribuição única).

Com tal conhecimento aprofundado em si próprio em primeiro lugar, o administrador poderá liderar a realização da finalidade organizacional necessária esclarecendo aos demais colaboradores:

1.Os papéis do líder e de cada pessoa(tal como princípios para o alcance de resultados significativos e duradouros).

2.Descobrir caminhos(criando uma visão que conecta o que os clientes desejam receber e o que a empresa tem vocação para oferecer).

3.Alinhar(criando sistemas tecnicamente eficazes).

4.Fortalecer(delegando para compartilhamento de modo eficaz).

5.Modelar(liderando a partir do exemplo pessoal a busca do norte verdadeiro).

Destacamos à seguir a importância da Inteligência de Execução,que também o administrador pode aperfeiçoar atuando sobre:

1.Conhecimento da meta.

2.Conhecimento das atividades.

3.Criando estruturas de apoio com clareza,tradução,capacitação,sinergia e responsabilidade.E,é lógico que para tais finalidades darem certo será requerido continuadamente dos envolvidos interessados tantas outras habilidades e hábitos caso a caso.

Provavelmente se fizéssemos sempre uma autoavaliação nos depararíamos com vulnerabilidades perigosas,fraquezas quanto ao desempenho desejável para um sucesso na execução da estratégia e planejamentos e se recorrermos às recomendações das quatro disciplinas para a execução bem sucedida sugeridas mais uma vez pelos estudos Franklin Covey poderíamos melhorar muito em oportunidades boas tais como:

1.Focar no crucialmente importante.

2.Atuar sobre as medidas de direção.

3.Manter placares envolventes.

4.Criar uma cadência de responsabilidade.Adicionalmente acrescentamos alguns mitos que somente atrapalham executores bem intencionados:

a-No meu caso nunca será possível!

b-Ninguém vai colaborar comigo!

c-A remuneração não compensa o esforço!

d-O mundo está em crise!

e-Vai demorar muito tempo para termos resultados!

f-Eu estou sempre muito ocupado com as rotinas!

g-Isto é assunto para multinacionais!

h-Os custos serão muito elevados para mudanças!

i-isto já foi tentado no passado!

Concluímos então pela necessidade de que todos os assuntos abordados resumidamente neste artigo sejam estudados em cada realidade do administrador com as necessárias adaptações a cada situação específica e cuidadosamente, como fazemos habitualmente em cada reunião do Grupo de Excelência em Estratégia e Planejamento que coordeno no Conselho de Administração de São Paulo CRA-SP,trabalho voluntário em que colaboram profissionais com muito conhecimento e experiência,sem restrição de origem quanto a empresas,ramos e tamanhos de negócios,todos absolutamente interessados em debater e difundir sobre as melhores práticas de administração a serem adotadas no mundo dos negócios.Neste sentido,ficam convidados todos os leitores que tiverem o mesmo interesse a comunicarem-se conosco para efetivo cooperativismo sinérgico e em alinhamento integrado.

 

Comuniquem-se e Boa sorte!

Um comentário sobre “Administração e a Excelência de Organizações na Execução da Estratégia Empresarial

Deixe uma resposta