Arquivo da tag: primeiro emprego

Desafios da graduação

Estudar ou trabalhar? Para muitos jovens essa questão tem sido respondida assim: os dois, de preferência ao mesmo tempo. Essa realidade tem mudado agora, muitos jovens tem priorizado o trabalho.
De acordo com dados do PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), o número de jovens entre 18 e 22 anos que param de estudar para se dedicarem apenas ao trabalho teve um aumento significativo. Em 2009, 51,1% dos homens nesta faixa etária estavam fora da sala de aula, enquanto as mulheres representam 31% no mesmo período. Uma das principais justificativas para isso é que a economia nacional está aquecida e o mercado carece de profissionais. Os jovens têm um perfil mais dinâmico e podem se adaptar com mais facilidade a realidade das empresas.
No entanto é necessário salientar que os jovens que decidem investir na formação profissional, embora cheguem mais tarde ao mercado, encontram-se com salários maiores. Para se ter um ideia melhor disso, veja os valores médios pagos para estagiários no 1º ano da faculdade: em torno de R$ 700,00. Já para alunos que decidem ingressar mais tarde, por volta do 3º ano da faculdade, essa média quase dobra de valor. Estágios mais concorridos em empresas maiores chegam ao valor de R$ 1.400,00 em média. Os programas de trainee vêem superando em nível de exigência e em concorrência os processos seletivos de grandes universidades, dizem especialistas. Empresas de recrutamento, que selecionam recém-formados, perceberam um aumento de 26% no número de inscritos em 2011, em comparação ao ano passado.O número de candidatos por vaga chega a 464. No vestibular de 2011 da USP 49,3 candidatos competiam por uma vaga em medicina, curso mais concorrido. Por que são tão concorridos? Um dos motivos é a remuneração. O candidato aprovado nesses processos chega na empresa com um salário médio inicial de quase R$ 3.500,00, ou seja, o que uma pessoa levaria em torno de 5 anos para receber em promoção (imaginando que ela tenha começado com R$ 1.500,00).
Analisando: quem adota a estratégia de começar a trabalhar mais rápido nem sempre faz a escolha que dá maior retorno financeiro.
Não tenho dúvidas que as empresas estão disputando os melhores talentos e reconhecem isso através de bons programas de formação e benefícios para seus funcionários.
Trabalhar ou estudar? Como decidir? Se você se preparar mais nos estudos, terá mais oportunidades, é uma questão de escolha. Não há um caminho seguro ou uma escolha certa, o que você precisa é investir na sua formação, que seja um processo ao longo da sua trajetória profissional, o que levará você por diversos caminhos, e o mais importante deles, o caminho da realização.

Bons estudos. Feliz 2012.