Você tem vontade de trocar de emprego com frequência?

Se você é daquelas pessoas que tem vontade de trocar de emprego todo ano (ou a cada 6 meses…) não se preocupe, não vamos fazer julgamentos. Este artigo não é sobre colocar a culpa em alguém, é sobre entender sua motivação.  Trabalho diariamente com pessoas que têm a melhor das boas intenções, pessoas que querem muito encontrar um trabalho que amam para poder se dedicar inteiramente,  vestir a camisa da empresa. Pessoas que querem um trabalho perfeito que mantenha o seu interesse e a faça sentir realmente animada para ir ao trabalho todos os dias.

No entanto, essas mesmas pessoas encontram-se saltando de emprego em emprego, incapazes de assumir um compromisso de longo prazo. Esse “pula-pula” muitas vezes vem cercado de boas intenções, por isso torna-se frustrante quando o profissional simplesmente não consegue encontrar um trabalho que seja interessante o suficiente para ele.

Se a descrição acima parece familiar para você, pode haver várias coisas acontecendo e, ao entender o que poderia estar causando essa situação, você pode ser capaz de resolvê-la. Então dê uma olhada em três razões bastante comuns e veja se alguma é seu caso:

 

1. Autoconhecimento

Profissionais mais jovens, em especial, podem estar passando por uma jornada de auto-descoberta, saltando de emprego em emprego, como forma de explorar suas opções. Quando você não tem muita experiência, é difícil saber o que você vai gostar. Passar por vários empregos/ estágios enquanto está na faculdade, não deveria ser algo para se preocupar muito. Às vezes, a única maneira de saber o que você quer em sua carreira é tentar uma variedade de coisas para determinar o que você não quer.

 

2. Erros na busca por uma oportunidade

Aqueles que são mais experientes e ainda encontrar-se pulando de emprego em emprego  devem avaliar o seu processo de busca. Muitas pessoas acabam em um ciclo vicioso: eles não conseguem definir exatamente o que buscam, e muitas vezes também não sabem como fazer essa busca por novas oportunidades,  e acabam aceitando o primeiro emprego que lhes é oferecido e que tenha um salário decente. Então, porque não foram cautelosos o suficiente no início do processo, eles acabam em um papel que paga as contas, mas não os satisfaz em qualquer nível mais profundo. Então, muito rapidamente, encontram-se novamente no mercado de trabalho.

Isso pode ser resolvido facilmente, bastando realizar uma busca de trabalho pró-ativa. Não seja somente escolhido. Escolha também suas empresas favoritas, converse com pessoas que trabalham lá, tome as rédeas de seu processo.

 

3. Incompatibilidade de Personalidade

Em algum momento, geralmente quando está a cerca de um ano no emprego, a realidade do trabalho vai alcançá-lo. Não importa o quão emocionante e interessante o trabalho tenha sido no primeiro dia, eventualmente torna-se apenas mais um trabalho. Isso acontece com todos, até mesmo os artistas e astronautas!

Se a empresa está disposta a pagar-lhe para fazer o trabalho, ele provavelmente não vai ser sempre como um dia de férias Algumas pessoas têm personalidades criativas que lutam profundamente com a rotina. Elas são mais propensas a sentir-se impacientes ao ponto de ficarem desesperadas. No entanto, em vez de realmente analisar o que está acontecendo e criar uma estratégia para gerenciar o estresse, muitas simplesmente saltam para o próximo trabalho, na esperança de que alguma coisa vá mudar. Infelizmente, raramente muda.

Se esta descrição se parece  com você, não se preocupe: você não está condenado a trocar de emprego e passar sempre pelo processo cansativo de buscar uma nova oportunidade.  Você tem opções que vão ajudá-lo a trabalhar com a sua personalidade, em vez de lutar contra ela.

 

Trocar de emprego não é necessariamente uma coisa “ruim”, mas a maioria das pessoas não gosta. Quando você salta de emprego em emprego, está geralmente procurando por algo, um sentimento de realização que está faltando. Além disso,  costumo dizer que procurar trabalho dá muito trabalho, é difícil! É um processo estressante e, mesmo quando você consegue, ainda tem aquele período difícil de aprender as coisas.

Pelo que tenho visto, encontrar uma carreira de longo prazo que realmente traga motivação, é o objetivo final da maioria das pessoas, e eu realmente acredito que seja possível para todos!

Um comentário sobre “Você tem vontade de trocar de emprego com frequência?

Deixe uma resposta